Notícia

Com ênfase em metodologias ativas, Encontro Pedagógico antecipa semestre letivo da Fadep

Publicado dia 05/02/2019 às 02:48

Durante a semana que passou, os docentes da FADEP participaram do Encontro Pedagógico 2019.1, cuja programação, entre outros temas, enfatizou a utilização das metodologias ativas como estratégia fundamental para a produção de conhecimento em sala de aula. Para difundir e intensificar o uso desta estratégia de ensino, foram realizadas palestras, oficinas e um encontro entre os coordenadores de cursos e os professores Maria Teresa Gomes de Almeida Lima, Diretora Acadêmica da UNIPTAN, de São João Del Rey, MG, e Denny José de Almeida, Coordenador do Grupo de Estudos de Metodologias Ativas da mesma IES.

A semana de intensos trabalhos teve início com a palestra do Professor Doutor Cloves Amorim, da PUC/PR, que, com o tema “Habilidades Sociais: potencializando aprendizagens”, destacou tópicos de suma importância para o educador, ressaltando a importância de que as ações e atitudes do professor sejam pensadas a partir de uma abordagem capaz de encantar os alunos, de maneira a promover um maior engajamento e aproveitamento dos conteúdos desenvolvidos. Ainda na noite de abertura, os docentes participantes do encontro tiveram a oportunidade de assistir e participar do debate “O desenvolvimento das habilidades sociais no universo da formação profissional”, que, além da presença do Professor Cloves Amorim, contou com a participação das professoras Carla Baumer, Márcia Piovezani e Graziela Scopel Borges.


A segunda noite foi reservada para as oficinas, todas com um grande número de participantes. Divididos em três grupos, os docentes tiveram a oportunidade de trabalhar as seguintes temáticas: Acessibilidade e Inclusão: Um Olhar para a Diversidade, ministrada pela professora da FADEP, Márcia Piovesani; O Coaching na Atuação Docente, conduzida pelo Coach Gerson Zimmer, da empresa Nion, e; Possibilidades de Aprendizagem Ativa em Sala de Aula, ministrada pelo Professor José de Almeida Costa, da UNIPTAN, de São João Del Rey, MG. Conforme destacou o Assessor de Planejamento da FADEP e Coordenador do curso de Publicidade e Propaganda, professor Cláudio Müller, “as temáticas das oficinas vieram ao encontro de questões atuais no ensino superior, principalmente no que diz respeito às inúmeras possibilidades que se abrem para o professor universitário em relação a temas como coach, acessibilidade e metodologias ativas, no sentido de tornar o nosso acadêmico um protagonista do seu processo de produção do conhecimento”.


Novas tecnologias e o aluno como protagonista


O terceiro dia esteve reservado para a fala da professora Maria Teresa Gomes de Almeida Lima, Diretora Acadêmica da UNIPTAN, instituição que, a exemplo da FADEP, também tem a NRE Educacional como mantenedora. Dividida em dois momentos, a professora, após explanar tópicos relacionados às novas metodologias de ensino e aprendizagem, com ênfase na utilização de metodologias ativas em sala de aula, realizou uma atividade prática com os presentes, com os dois grupos de docentes tendo a oportunidade de cotejar um processo de produção de conhecimento a partir de metodologias tradicionais e ativas. Segundo a professora Maria Teresa, atividades como as realizadas durante o Encontro Pedagógico 2019.1 são de grande valia para o aperfeiçoamento dos processos de produção de conhecimento.


Destacando a importância das trocas de experiências práticas, Maria Teresa lembrou que, embora ainda haja professores resistentes às novas perspectivas e possibilidades de ensino e aprendizagem, e que, por esse motivo, ainda preferem as metodologias tradicionais, a tecnologia proporcionou um grande número de novas possibilidades metodológicas, capazes de, em suas palavras, “fazer nossa sala de aula diferente”. E foi nessa perspectiva que a professora desenvolveu seus trabalhos na terceira noite do Encontro Pedagógico. Após um primeiro momento no qual os participantes conheceram algumas ferramentas inovadoras para o processo de produção do conhecimento, os professores foram divididos em dois grupos, para, a partir de quatro metodologias - debate, sala de aula invertida, estudo de caso e uso de software educativo, debateram, refletiram e tiveram a oportunidade de comparar a metodologia tradicional com as metodologias ativas, que colocam o aluno como protagonistas no processo de aprendizagem. Os resultados, na avaliação da professora, foram excelentes, considerando, entre outras coisas, que esta é uma abordagem que vai de encontro às metodologias tradicionais de ensino.


A semana que antecedeu ao início das aulas na FADEP reservou a quinta e a sexta para os colegiados dos cursos, ocasião em que os professores puderam refletir sobre os conteúdos a serem trabalhados durante o semestre letivo que se inicia nesta segunda-feira, 4.