Notícia

I Mostra Cultural Comunica Sudoeste apresenta diversidade e caráter histórico da Comunicação regional

Publicado dia 09/07/2018 às 04:08

A primeira edição da Mostra Cultural Comunica Sudoeste aconteceu na segunda-feira, dia 02 de julho. A programação, promovida pelo 1º período de Publicidade e Propaganda da Faculdade de Pato Branco (FADEP), resgatou a história da Comunicação na região. Para isso, contou com o lançamento da Zine Retrô, uma revista de bolso elaborada pela turma, além de apresentação teatral e exposição de cunho histórico, realizada no Bloco A.

A Mostra foi um projeto da disciplina de História da Comunicação e oportunizou que os acadêmicos, bem como os visitantes, vivenciassem a representatividade da Comunicação no desenvolvimento e na história da região.  Para tanto, a exposição “Relíquias do Sudoeste” contou com peças do acervo histórico do Museu José Zanella, de Pato Branco. O público pôde conhecer fotografias antigas da cidade, mapas, croquis de símbolos municipais e equipamentos analógicos, como um projetor de cinema da década de 1970. Foi possível, ainda, ouvir vinis e entrar no clima nostálgico proposto pelo evento.

Para quem gosta de fotografia, a exposição também oportunizou um passeio pela história dessa arte, pois contou com cerca de 20 câmeras, de diferentes épocas – a mais antiga era uma Kapsa “pinta branca”, datada de 1950. Boa parte das câmeras compõe o acervo do Laboratório de Comunicação da FADEP.

Os alunos também contribuíram, com TVs, rádios, telefones, gravadores e outras câmeras – pais, mães, tios e, principalmente, avós foram convidados a participar da iniciativa, tirando dos armários o que as famílias tinham de mais antigo. Foi assim com a acadêmica Amanda Vaz, que buscou com familiares boa parte dos equipamentos expostos.

“Gostei muito da ideia do projeto, pois tivemos que ir atrás de objetos que contribuíram imensamente para tudo chegar até aqui. Sempre é muito interessante poder saber onde tudo começou, qual foi a "base" para o que vivemos hoje. Também conversamos com nossas famílias e com outras pessoas, o que nos fez aprender ainda mais”, avaliou Amanda.

O coordenador do curso de Publicidade e Propaganda da FADEP, Claudio Müller, destaca o envolvimento dos acadêmicos com a comunidade durante a realização do projeto. “Ficamos satisfeitos com o resultado do trabalho, pois envolveu academia e sociedade. Quando conseguimos promover essa união, em que o conhecimento ultrapassa a sala de aula, certamente oportunizamos experiências muito significativas aos nossos alunos, que ampliam a percepção diante da sociedade”, destaca.

Nossa história

Além disso, a história de Pato Branco e do Sudoeste, bem como aspectos da Revolta dos Posseiros, foi retratada em banners cedidos pelo Departamento Municipal de Cultura de Pato Branco, que foi parceiro do evento.

“A iniciativa do curso de Publicidade e Propaganda, oportunizando que os jovens pesquisassem a história da região e compreendessem a relação da comunicação nesse processo, merece o nosso reconhecimento e apoio, especialmente por inserir essa reflexão no processo de formação de futuros profissionais”, avaliou a diretora do Departamento Municipal de Cultura, Eliane Gauze.

Entre as atrações artísticas da programação, a noite contou com o espetáculo teatral "No País dos Prequetés", texto de Ana Maria Machado e dirigido pela professora Glaucia Scapini, do grupo de teatro municipal de Pato Branco.

Zine Retrô, a revista de PP

O primeiro número da Zine Retrô traz crônicas, poesias, ilustrações, entrevistas e relatos sobre oito cidades da região: Chopinzinho, Coronel Vivida, Dois Vizinhos, Francisco Beltrão, Mangueirinha, Pato Branco, Vitorino e São Lourenço do Oeste – estas são, justamente, as cidades onde os alunos residem.

“Todo o material foi elaborado pela turma, desde a autoria dos textos à identidade visual da revista, o que exigiu a realização da pesquisa documental no início do semestre, além de entrevistas com pioneiros das cidades”, explica a professora Jozieli Cardenal, docente da disciplina de História da Comunicação e que coordenou o projeto.

Como as entrevistas foram registradas em vídeos, pelos alunos, a turma também produziu um documentário experimental, intitulado “Memórias da emoção: relatos de quem viveu a história”.

Para a acadêmica Alana Oliveira, o projeto oportunizou que ela conhecesse novos aspectos sobre a história da região. “Foi uma vivência incrível, um momento onde pude expandir minhas noções sobre a história regional e perceber, de uma forma completa, que somos ricos em nosso Sudoeste. Organizar a fanzine foi a minha parte favorita do projeto, pois pudemos nos comunicar pelas palavras e desenhos. Acredito que conseguiremos deixar uma marca em cada pessoa que ler nossas palavras”, completou.

O acadêmico João Victor Sgaraboto também avaliou a experiência de forma positiva. “Foi emocionante poder reviver a história do Sudoeste, pois muitas pessoas entrevistadas falaram sobre a colonização. Aprendemos mais sobre a nossa história e foi muito gratificante ver a emoção das pessoas ao contarem que participaram do início de tudo”, disse.

A versão digital da Zine Retrô está disponível para leitura e download, no endereço: https://galonobule.wordpress.com/zine

Matéria: Jozieli Cardenal

Fotos: Luiz Mello e Rogério Argenton Sabbi