Notícia

Acadêmicos produzem conteúdos para as mídias do curso de PP

Publicado dia 12/06/2018 às 08:36

O curso de Publicidade e Propaganda da Faculdade de Pato Branco (FADEP), está dando continuidade ao “Galo no Bule”, que teve início em 2015. A cada ano que passa, o projeto se torna mais conhecido e querido pelos acadêmicos, enquanto canal oficial de comunicação do curso. Neste ano, o projeto está sendo conduzido pelos acadêmicos do 5° período de PP, na disciplina de Redação para Web, ministrada pela professora Jozieli Cardenal.

Desde que iniciou, o projeto ocorre na disciplina de Redação para Web, proporcionando que os acadêmicos coloquem em prática não somente o que estão vendo na disciplina, mas conhecimentos interdisciplinares, adquiridos em diferentes momentos do curso, nas demais áreas relacionadas à vida profissional.

O projeto é composto pelo Blog, Facebook, Twitter, Instagram, além do canal no YouTube. Há, ainda, a produção de Podcasts. A turma foi dividida em grupos, em que cada um ficou responsável pela produção de conteúdos e realização das publicações. Tudo acontece com orientação e supervisão da professora Jozieli, atendendo ao objetivo do projeto, que é integrar os acadêmicos do curso ao blog e suas mídias, de forma colaborativa, associando teoria e prática.

“Temos uma trajetória muito interessante, pois a cada ano, uma nova turma assume o projeto e tem condições de colocar em prática boa parte das competências adquiridas no decorrer do curso. Se hoje temos as mídias do Galo funcionando e atualizadas, é porque os acadêmicos realmente abraçaram o projeto, o que é muito gratificante. Isso confirma que a produção do conhecimento deve, sempre, ir além da sala de aula”, comenta a professora Jozieli, idealizadora do projeto.

Experiência acadêmica, para a vida

“O projeto Galo no Bule foi um verdadeiro desafio. Notei que todos os alunos que passaram pelo blog, deixaram um pouquinho de si, tentei fazer o mesmo. E esse ciclo de produção de conhecimento não para, ano que vem serão outros acadêmicos, e eu espero que para eles seja tão gratificante quanto está sendo a todos nós”, avalia a acadêmica Maikelly Ribas, integrante do grupo que administra o blog. 

“Participar do projeto Galo no Bule está sendo gratificante, eu diria. O envolvimento das mídias digitais com os conteúdos do mundo trazidos para nossa realidade, serviu para entender de fato o que é a publicidade e qual seu verdadeiro intuito. Me sinto orgulhosa com cada novo desafio que o Galo nos apresenta”, pontua Isabeli Passos, do grupo responsável pela fanpage.

“Minha experiência com o Instagram do Galo não poderia ter sido melhor. Houve um aumento de mais de 300 seguidores desde que assumimos o controle da rede social, o engajamento nas publicações cresceu em torno de uns 20%, e o feedback está sendo incrível. Espero poder continuar ajudando esse projeto, que só tem coisas boas a oferecer, tanto para quem é da área da publicidade, como para quem é leigo no assunto”, destaca a acadêmica Gabriela Linn.

“Desenvolver os vídeos para o YouTube do Galo no Bule foi muito desafiador, por conta de todas as mídias serem gerenciadas por grupos diferentes. O maior desafio foi manter um padrão onde todos os elementos visuais ficassem dentro da identidade proposta, mantendo uma linha harmônica e de fácil identificação.  Foi uma experiência única, trabalhamos com um tempo de produção reduzido, mas no fim tudo deu certo e chegamos ao resultado esperado”, comenta Vinicius Rek.

“O projeto nos proporcionou aprender áreas ainda não exploradas no curso. Cada podcast produzido nos fez adquirir mais conhecimento, além de nos divertir muito. Optamos por seguir uma linha humorística como forma de descontração, tanto para nós que produzimos, quanto para os ouvintes. Está sendo uma experiência incrível”, enfatizou Leticia Lasarotto, integrante do grupo que está produzindo os podcasts.

“Durante o período que estamos cuidando do Twitter, tivemos a oportunidade de aprender muito. Escolhemos a mídia sem a conhecer e, hoje, aprimoramos nosso conhecimento, sabendo como direcioná-la, seus interesses e ferramentas disponíveis. Buscamos aprender como produzir e causar interesse nessa mídia, o que nos motivou a estudar possibilidades de alavanca-la e estamos trabalhando para isso”, finaliza Thalia Nunes Cella.


Texto e entrevistas: Fernanda Zancanaro, Maikelly RIbas e Mariáh de Oliveira D’Avila.

Fotos: Isabelli Passos e Thaliane Veigas.

Revisão: Profa Jozieli Cardenal.