Notícia

Gastronomia: acadêmicos ministram Workshop de Confeitaria

Publicado dia 14/12/2017 às 07:48

Colocando todo o conhecimento à prova, os acadêmicos do 4º período curso de Gastronomia da Fadep (Faculdade de Pato Branco) foram os grandes protagonistas do Workshop de Confeitaria, realizado no último dia 29 de novembro. O curso ministrado teve como convidados colaboradores das empresas Vibra e Cantu.

No menu, receitas preparadas com base na confeitaria internacional por meio da Gastronomia Árabe, Portuguesa e Italiana. Entre os pratos preparados, os convidados provaram deliciosos doces como Baclava, Tiramisu e Panna Cotta, e Travesseiros de Sintra e Arroz Doce. Tudo coordenado pelo professor Alisson Badiluk.

“As receitas foram resultantes de um trabalho de pesquisa bem amplo. Por meio dos doces típicos de cada região, hábitos alimentares e culturais, os alunos escolheram as receitas e a partir de então fizeram testes até a apresentação aos convidados”, contou o professor.

Para Alisson, o Workshop é uma forma de incentivar o acadêmico a exercitar sua capacidade de aprendizagem. “Para poder ensinar, ele precisa ter total domínio do conteúdo, técnicas e receitas. A atividade agrega muito ao aprendizado do futuro profissional”.

Acadêmico do curso, Renan Leão, avalia que a experiência de ministrar um workshop foi positiva à medida que os desafiou. “Por ser a primeira vez, o nervosismo tomou conta. Foi uma atividade que exigiu da gente muita pesquisa e concentração para poder falar sobre os pratos e suas origens. O workshop aumentou meu conhecimento e serviu para ver que realmente é isso que desejo seguir profissionalmente”.

Mercado em alta

De acordo com o professor, a área de Confeitaria vem abrindo muitas oportunidades de trabalho aos profissionais. “É uma área que está crescendo e as pessoas estão buscando cada vez mais conhecimentos e técnicas para aperfeiçoar habilidades”, destacou Alisson.

Segundo dados da Abip (Associação Brasileira da Indústria de Panificação), de 2007 para cá a arrecadação do setor confeiteiro saltou de 40 para 76 bilhões de reais. Bolos sofisticados, receitas tradicionais incrementadas, doces finos, abriram novas oportunidades de negócios e têm consumidores. 


Assessoria de Comunicação

Matéria: Rodrigo Bortot (DRT - PR 9040)

Foto: Arquivo Gastronomia