Notícia

Bela FADEP envolve acadêmicas, docentes e comunidade externa para debater beleza e empoderamento feminino

Publicado dia 17/04/2019 às 07:32

Curso de Estética e Cosmética da FADEP promoveu programação voltada às mulheres, com objetivo de enaltecer as mais variadas formas de beleza feminina

O empoderamento feminino está associado a diversas formas de beleza e bem-estar. Este foi o principal debate oportunizado pelo Bela FADEP, evento realizado na noite desta terça-feira, dia 16, pela Faculdade de Pato Branco (FADEP), por meio do curso de Tecnologia em Estética e Cosmética. A programação gratuita reuniu acadêmicas e docentes da Instituição, além da comunidade externa – pessoas que atuam ou trabalham na área de estética e cosmética, bem como aquelas que gostam do assunto.

Na ocasião, houve a palestra “Mulher, beleza que empodera”, com Giceli Luckemeyer e um workshop de Maquiagem, com Vanessa Teles.  Houve, ainda, exposição e venda de maquiagens, além de sorteio de brindes. “Sempre focamos na beleza e bem-estar feminino, mas neste ano resolvemos abordar o empoderamento da mulher, pois entendemos que este tema está associado a diversas formas de beleza”, pontua a coordenadora do curso de Tecnologia em Estética e Cosmética, Profa. Ma. Solange Maria Bertol Copetti.

Paralelamente a ações pontuais, como o Bela FADEP, o curso de Estética e Cosmética da FADEP trabalha, continuamente, para estimular a reflexão sobre a atuação da mulher nos mais diversos contextos da sociedade, considerando que a beleza e o bem-estar também estão atrelados, de forma direta, à qualidade de vida.

“Esse é um tema sempre presente em todas as aulas que envolvem beleza e bem-estar, que é reforçado em palestras, seminários e outros eventos. Entendemos que a beleza é uma soma de fatores e necessita da integração de vários profissionais. Qualidade de vida é um termo muito amplo e a sua percepção é diferente de pessoa a pessoa. Nesse sentido, a área da Estética contribui imensamente no bem-estar, uma vez que age, diretamente, na autoestima e, consequentemente, na autoconfiança da mulher”, destaca Solange.

Na avaliação da coordenadora, eventos como o Bela FADEP fortalecem o curso de Estética e Cosmética e confirmam a graduação enquanto uma importante demanda para o mercado regional. “A Educação, indo além das paredes da sala de aula, contribui muito para a formação científica, ética e cidadã. A experiência trazida por outros profissionais, que atuam diretamente com os objetos de estudo dos acadêmicos, serve de motivação e permite uma criticidade maior por parte dos alunos. Além disso, a inovação, na área da Estética, é muito acelerada. Novos equipamentos, protocolos e produtos são desenvolvidos a cada momento e a atualização é muito necessária. Oportunizar ao aluno esses momentos, é muito importante para abrir seus horizontes e atualizá-lo frente ao mercado de trabalho”, salienta.

Mercado movente e inovador

O curso de Tecnologia em Estética e Cosmética da FADEP iniciou em 2017, cuja primeira turma forma-se neste ano. Para a coordenadora, a graduação está contribuindo para fortalecer ainda mais a área na região, tendo em vista que refere-se a um ramo de atuação em constante evolução e crescente demanda.

“O nosso Projeto Político Pedagógico foi elaborado conforme as diretrizes do Ministério da Educação e permite uma formação generalista, crítica e reflexiva. A infraestrutura do curso foi sendo consolidada, garantindo quantidade e qualidade dos materiais necessários ao curso. Os professores recebem constante aperfeiçoamento através da Formação Continuada ofertada pela IES. As decisões a respeito do curso são tomadas por órgão colegiado, de forma democrática e assertiva”, completa Solange.

Clínica Escola

O curso oferece, ainda, serviços à comunidade interna e externa, realizando procedimentos estéticos a um valor acessível, por meio da Clínica Escola. Os atendimentos são realizados nas segundas e terças-feiras, das 13h30 às 17h. O agendamento pode ser feito pelo telefone (46) 3220-3036 ou diretamente no Programa de Atendimento ao Discente (PADIS), no caso de alunos e professores. “Os preços são atrativos e o atendimento é de ótima qualidade”, reforça a professora Solange.

------------

Matéria: Profa. Ma. Jozieli Cardenal Suttili / Jornalista MTB 9268 – PR

Coordenadora da Agência Experimental de Comunicação da FADEP