Notícia

FADEP oferece formação a profissionais da Secretaria Municipal de Saúde

Publicado dia 05/11/2019 às 07:35

A última quarta-feira (30/10), foi um dia intenso de formação continuada ofertada pela Faculdade de Pato Branco (FADEP) aos profissionais da Secretaria Municipal de Saúde. Na ocasião, durante a manhã e tarde, os cursos de Psicologia e Enfermagem realizaram uma programação com o tema “Sexualidade: um assunto para todos”, voltada a abordagens destinadas a crianças e adolescentes. Foram palestras e oficinas, com a participação de médicos, enfermeiros, psicólogos, nutricionistas, educadores físicos, fisioterapeutas, farmacêuticos, entre outros.

A coordenadora do curso de Enfermagem da FADEP, professora Ma. Gisele Iopp Massafera, explicou que o tema foi proposto pela Secretaria de Saúde. “Este é um tema que não somente a enfermagem ou a psicologia trabalham, mas todos os profissionais de saúde, de alguma forma, trabalham com crianças e adolescentes. Ofertamos palestras e oficinas, justamente para oportunizar mais interação e a troca de experiências, a partir das vivências dos trabalhadores que atuam na saúde do município”, disse.

De acordo com a coordenadora do curso de Psicologia da FADEP, professora Ma. Carla Maria Wojcikiewicz Caldas Baumer um dos diferenciais da formação foi as oficinas, que apresentaram diferentes abordagens sobre o tema. “Muitos profissionais têm dificuldade de falar sobre sexualidade e acrescentar isso para crianças pequenas, especialmente adequando essa abordagem de acordo com as idades dessas crianças ou adolescentes. Por isso, a formação contemplou a sexualidade de forma geral, em que as oficinas específicas demonstraram como acessar essa informação e trabalhar esses conflitos, para que estes profissionais possam, inclusive, perceber algum indício de violência em cada uma das faixas etárias”, frisou.

A coordenadora do Setor de Educação em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde de Pato Branco, Elys Regina Albani, lembrou que a formação resulta da parceria existente entre Prefeitura e FADEP, uma vez que acadêmicos de Enfermagem e Psicologia estagiam na rede municipal. Em contrapartida, a Faculdade tem oportunizado momentos de educação continuada. “Identificamos a necessidade de estarmos trabalhando a sexualidade alusiva ao Programa Saúde na Escola, do Ministério da Saúde e do Ministério da Educação, pois as equipes estavam com dificuldades para abordar estes temas”, pontuou Elys.

Para ela, a compreensão diante da sexualidade, indo muito além da percepção isolada de cada profissional, contribuirá para atendimentos e abordagens mais assertivas. “A sexualidade é abordada nos mais variados contextos da saúde e, por isso, devemos fornecer subsídios para que os profissionais possam atender situações que permeiam o tema e a sua complexidade, de forma adequada, especialmente quando falamos de crianças e adolescentes, pois a sexualidade é uma questão muito ampla do ser humano”, disse.

A formação foi organizada pelas professoras Ma. Isadora Ferreira Primo Moreira, Ma. Juliane Varaschim e Juliane Fontana Ribeiro, do curso de Psicologia, juntamente com a professora Ma. Analice Horn Spinello, do curso de Enfermagem.

------------

Matéria: Profa. Ma. Jozieli Cardenal Suttili / Jornalista MTB 9268 – PR

Coordenadora da Agência Experimental de Comunicação da FADEP

Fotos: Alan Winkoski, acadêmico do 6º período de Publicidade de Propaganda da FADEP.