Notícia

UNIDEP divulga resultado do primeiro edital de seleção e fomento a projetos de pesquisa

Publicado dia 17/12/2019 às 09:54

A Coordenação de Pós-graduação, Pesquisa, Extensão e Inovação (COPPEX) do Centro Universitário de Pato Branco (UNIDEP) confirmou, nesta segunda-feira, dia 16/12, o resultado final do primeiro edital de seleção para concessão de bolsas de estudo, por meio de apoio financeiro a Projetos de Pesquisa a serem desenvolvidos por docentes e discentes da Instituição. Ao todo, foram contemplados sete projetos de pesquisa e iniciação científica, dos cursos de Medicina, Engenharia Civil, Engenharia Elétrica e Publicidade e Propaganda.

A diretora Acadêmica do UNIDEP, professora Ornella Bertuol, ressalta que o edital marca a institucionalização da pesquisa científica na Instituição de Ensino Superior (IES), ou seja, o investimento em pesquisa para além das atividades de ensino. “Este é um marco para a história acadêmica da FADEP, agora Centro Universitário de Pato Branco. Por meio das práticas de pesquisa, nossos docentes e alunos desempenharão, cada vez mais a fundo, o seu papel perante o desenvolvimento da sociedade, contribuindo para a melhoria da saúde, da qualidade de vida e do bem-estar social, a partir de ações voltadas às mais variadas áreas do conhecimento”, ressalta.

O edital previu, entre outros avanços, a oferta de bolsas de estudo para alunos e professores, além da disponibilização de infraestrutura para o desenvolvimento dos projetos selecionados. A gestora da COPPEX, professora Ma. Marielle Sandalovski Santos, enfatiza a representatividade desta postura acadêmica e institucional. “A FADEP, ao longo da sua trajetória, sempre se dedicou à pesquisa, mas a mesma era aliada às práticas de ensino. Agora, enquanto Centro Universitário (UNIDEP), alça novos voos, e passa a investir em projetos de pesquisa. É um passo muito importante e que marca a nossa trajetória de sucesso, com vistas à qualificação contínua dos processos educacionais”, enfatiza Marielle.

Projetos selecionados

De acordo com o coordenador de Pesquisa e Iniciação Científica do UNIDEP, professor Me. Tobias Jun Shimosaka, em 2020, a COPPEX auxiliará as atividades desenvolvidas, acompanhando o andamento dos projetos selecionados. “Cada projeto deverá apresentar o relatório de atividades parciais, o qual será avaliado pela Comissão de Pesquisa da COPPEX. Como selecionamos projetos em diversas áreas do conhecimento, tais como as Ciências da Saúde, Ciências Sociais Aplicadas e Engenharias, mostramos a força e o potencial que os diferentes cursos possuem em relação à pesquisa”, destaca.

Entre os projetos selecionados, dois são orientados pela professora dos cursos de Medicina e Odontologia, Dra. Vidiany Aparecida Queiroz Santos. “Este primeiro edital representa para nós, docentes e alunos, uma grande oportunidade de crescimento acadêmico e pessoal. A pesquisa científica é uma interessante ferramenta de fixação dos conteúdos aprendidos em sala de aula, além de produzir/divulgar resultados que contribuam para a sociedade”, pontua.

Segundo ela, os dois projetos serão realizados em parceria com a professora Dra. Sirlei Teixeira, docente do Programa de Pós-Graduação em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR). “O objetivo é avaliar formas de extrair moléculas com potencial benéfico ao ser humano, pois os compostos bioativos extraídos das plantas estudadas podem ser, futuramente, aplicados como agentes antimicrobianos e antioxidantes naturais em produtos farmacêuticos e cosméticos”, ressalta a professora Vidiany.

Entre os itens avaliados pelo edital, estiveram: o projeto de pesquisa proposto; os currículos lattes do professor pesquisador e do acadêmico que pleitearam bolsa; além da média do histórico escolar dos alunos.

No processo de seleção, os cursos de graduação foram reunidos em quatro grandes grupos, por afinidade de área do conhecimento: Ciências da Saúde e Ciências Humanas (Educação Física Bacharelado; Enfermagem; Estética e Cosmética; Fisioterapia; Medicina; Nutrição; Odontologia; Educação Física – Licenciatura; Pedagogia e Psicologia); Engenharias e Ciências Exatas e da Terra (Análise e Desenvolvimento de Sistemas; Engenharia de Software; Engenharia Civil e Engenharia Elétrica); Ciências Sociais Aplicadas (Administração; Ciências Contábeis; Direito; Gastronomia e Publicidade e Propaganda); e todas as áreas do conhecimento (reunindo todos os cursos de graduação).

Os projetos selecionados nas modalidades Programa de Bolsas para Pesquisa Científica (ProBPC), dirigido a docentes e Programa de Bolsas para Iniciação Científica (ProBIC), destinado a alunos, foram:

- “Potencial antimicrobiano do óleo essencial e extrato bruto de folhas de Stachys Byzantina”, professora Dra. Vidiany Aparecida Queiroz Santos e acadêmica Vanuza Bortolan Tomazini, do curso de Medicina (Ciências da Saúde e Ciências Humanas);

- “Potencial antimicrobiano do óleo essencial e extrato de folhas de Baccharis Microdonta D. C”, professora Dra. Vidiany Aparecida Queiroz Santos e acadêmico Thiago Augusto Zanoelo, do curso de Medicina (Ciências da Saúde e Ciências Humanas); 

- “Diagnóstico e acompanhamento laboratorial de pacientes com paracoccidioidomicose na região Sudoeste do Paraná”, professora Dra. Rafaela Macagnan e acadêmico Michel Pandolfo Stefanel, do curso de Medicina (Ciências da Saúde e Ciências Humanas);

- “Análise de viabilidade técnica da aplicação do bambu da espécie Dendrocalamus Asper em peças de concreto”, professores Ma. Keli Starck, Me. Jefferson Teixeira Olea Homrich e Ana Claudia Dal Pra Vasata, juntamente com a acadêmica Brenda Line Pilger, do curso de Engenharia Civil (Engenharias e Ciências Exatas e da Terra);

- “A Educomunicação no processo de ensino aprendizagem e o papel social da Comunicação”, professora Ma. Jozieli Camila Cardenal Suttili e acadêmica Cristiane Fernanda Dorigon, do curso de Publicidade e Propaganda (Ciências Sociais Aplicadas);

- “Mulheres comunicadoras: uma análise diacrônica sobre o discurso social voltado para o gênero feminino a partir da atuação profissional em Pato Branco”, professora Ma. Jozieli Camila Cardenal Suttili e acadêmica Alana Cristina de Grandis Oliveira, do curso de Publicidade e Propaganda (todas as áreas do conhecimento).

O projeto selecionado nas modalidades Programa de Voluntariado em Pesquisa Científica (ProVPC), dirigido a docentes e Programa de Voluntariado em Iniciação Científica (ProVIC), destinado a alunos, foi:

- “Modelagem e controle otimizado de filtros ativos para mitigação de harmônicas em ambiente industrial”, professor Me. Rafael Zamodzki e acadêmico Eduardo Pissatto Ficagna, do curso de Engenharia Elétrica (Engenharias e Ciências Exatas e da Terra).

------------

Matéria: Profa. Ma. Jozieli Cardenal Suttili / Jornalista MTB 9268 – PR

Coordenadora da Agência Experimental de Comunicação do UNIDEP.

Fotos: Alan Winkoski, acadêmico do 6º período do curso de Publicidade e Propaganda do UNIDEP.