Notícia

Acadêmicos e professores de Medicina da FADEP recebem formação em metodologias ativas

Publicado dia 18/06/2019 às 02:39

O curso de Medicina da Faculdade de Pato Branco (FADEP) está recebendo uma capacitação docente e discente voltada ao uso de metodologias ativas no processo de ensino-aprendizagem. A ação ocorre sob  orientação da professora Marcia Sakai, diretora Executiva dos Cursos de Medicina do Grupo Afya Educacional, com apoio da coordenação e do colegiado de Medicina da FADEP, bem como  do  Núcleo de Apoio Pedagógico e Experiência Docente (NAPED). A atividade faz parte do processo para implementação da matriz única  dos cursos de Medicina do Grupo.

Conforme explica o coordenador do Núcleo de Apoio Pedagógico e Experiência Docente, professor Me. Denny José Almeida Costa, todas as disciplinas e todos os períodos do curso de Medicina estão envolvidos nessa etapa de formação, incluindo alunos e professores. “A FADEP tem um trabalho efetivo e permanente no que se refere à capacitação dos seus docentes, o que também está contemplando os alunos. Isso ocorre a partir de oficinas, workshops e treinamentos de diversas ordens”, pontua o professor Denny.

Na semana passada, a atividade de formação foi relativa à metodologia denominada Aprendizagem em Pequenos Grupos (APG), na qual os alunos têm a possibilidade de aprender individualmente e coletivamente, bem como com o professor-tutor.

Denny enaltece que a FADEP está se preparando para que a inserção de metodologias ativas seja uma cultura para todos os cursos. “Assim, conseguiremos, gradativamente, evoluir para que o aprendizado ativo seja a base do desenvolvimento do futuro profissional de todos os nossos cursos. Afinal, estimular o fazer, em nossas atividades acadêmicas, é o melhor caminho para oportunizar que os acadêmicos adquiriram competências essenciais para o mercado de trabalho e para a sua formação cidadã”, avalia Denny.

A coordenadora do curso de Medicina da FADEP, professora Dra. Luisa Patrícia Fogarolli de Carvalho, avalia a representatividade da inserção de práticas metodológicas ativas nos processos de ensino-aprendizagem, especialmente no que se refere à formação na área médica.

“O aprendizado ativo favorece o desenvolvimento do aluno na medida em que o traz para o foco das ações. É ele quem pensa, age, questiona e reelabora os conteúdos sob a orientação do professor-tutor, de modo que sua aprendizagem seja, de fato, efetiva. Quando o discente experimenta os processos, consegue assimilar melhor os conteúdos e os articula com as práticas da realidade do futuro profissional, especialmente no que se refere à resolução de problemas e situações ligadas à área da saúde”, avalia Luisa.

------------

Matéria: Profa. Ma. Jozieli Cardenal Suttili / Jornalista MTB 9268 – PR

Coordenadora da Agência Experimental de Comunicação da FADEP.