Notícia

Pedagogia socializa estágios em espaços não escolares e demonstra a versatilidade da Educação

Publicado dia 18/06/2019 às 07:57

Na última quarta-feira (12/06), o sétimo período do curso de Pedagogia da Faculdade de Pato Branco (FADEP) realizou as bancas da disciplina de Estágio de Pedagogia em Espaços Não Escolares, que representam o seminário final do último estágio realizado no curso. A partir dessa etapa, os acadêmicos desenvolveram projetos na área da Pedagogia Social, mas também na Pedagogia Empresarial e Hospitalar, vivenciando várias nuances da profissão, que possui caráter multidisciplinar, indo muito além de contextos escolares. O momento de socialização contou com a presença de professores, acadêmicos e convidados da comunidade externa, bem como de representantes das entidades atendidas.

A professora responsável pela disciplina, Ma. Graziela Scopel Borges, explica que os acadêmicos atuaram, desde o início do semestre, em diversos locais de Pato Branco, em áreas definidas a partir dos interesses dos alunos. “Eles estiveram em algumas empresas e espaços da rede de socioatendimento, fazendo projetos de estágio específicos para cada um desses campos”, explica a professora.

Segundo a professora Graziela, em março os alunos realizaram o diagnóstico, em abril desenvolveram o projeto e, durante o mês de maio, foram a campo para a realização das práticas. Neste mês de junho, realizaram o relatório final e a socialização dos resultados. “Todo o processo foi um momento muito gratificante, pois encerrou um ciclo da jornada acadêmica e representou o momento em que os acadêmicos perceberam que a Educação se expande para outros locais, que não somente a escola, chegando também a outras áreas e a outros espaços”, disse.

Agora, no oitavo período, os alunos seguirão para o trabalho de conclusão de curso. “Fica evidente, pela caminhada deles, pelas diretrizes do curso, bem como pelas possibilidades de campos profissionais, o quanto o pedagogo é um profissional versátil, integrado em outras áreas e, principalmente, como é possível desenvolver ações que não sejam diretamente escolares, mas que motivem e oportunizem o desenvolvimento humano, a partir da Pedagogia”, completou a professora Graziela.

------------

Matéria: Profa. Ma. Jozieli Cardenal Suttili / Jornalista MTB 9268 – PR

Coordenadora da Agência Experimental de Comunicação da FADEP.