Notícia

NPJ da FADEP firma convênio com Delegacia da Mulher

Publicado dia 20/11/2019 às 12:36

Durante a solenidade de inauguração da nova sede da Delegacia da Mulher de Pato Branco, realizada na última terça-feira, dia 12 de novembro, no Auditório do Cidadão, foi assinado termo de cooperação entre a Faculdade de Pato Branco (FADEP), por meio do Núcleo de Prática Jurídica (NPJ) e a Delegacia da Mulher.

Na ocasião, estiveram presentes o governador do Estado do Paraná, Carlos Massa Ratinho Júnior, o prefeito de Pato Branco, Augustinho Zucchi, a delegada Franciela Alberton, responsável pela Delegacia da Mulher, a diretora geral da FADEP, Kelen Beatris Lessa Mânica, a coordenadora do NPJ, professora Ma. Anelicia Verônica Bombana Consoli, além de secretários estaduais, deputados, delegados, vereadores, membros do poder judiciário, e demais lideranças locais.

O termo de cooperação visa a implementação de assistência jurídica pelo Núcleo de Prática Jurídica da FADEP, para que alunos e professores possam atuar, dentro das competências do NPJ, em favor das pessoas envolvidas em casos de violência doméstica, encaminhadas para atendimento pela Delegacia da Mulher.

No NPJ da FADEP, os envolvidos poderão receber esclarecimentos quanto as consequências do ato de violência doméstica em nível jurídico e social, objetivando a pacificação e conscientização das partes, a fim de evitar novas ocorrências delituosas. “Essa parceria promoverá mais uma forma de experiência acadêmica aos graduandos da Faculdade de Pato Branco, fomentando o crescimento pessoal e profissional na área jurídica, estimulando e instigando a solução consensual dos conflitos e a inserção na comunidade”, pontua a professora Anelicia.

Atualmente, 140 alunos do curso de Bacharelado em Direito da FADEP atuam no NPJ, por meio das disciplinas de Estágio Supervisionado I e III. O estágio no NPJ funciona de maneira similar para todos os acadêmicos, em plantões/escalas de quatro horas, sendo que os mesmos são divididos em grupos de até quatro acadêmicos. No local, os alunos contam, ainda, com estrutura própria de Tribunal do Júri, além de salas de mediação, conciliação, audiência e de observação com espelho.

------------

Matéria: Profa. Ma. Jozieli Cardenal Suttili / Jornalista MTB 9268 – PR

Coordenadora da Agência Experimental de Comunicação da FADEP.