Notícia

FADEP oferta curso de extensão em Intubação por Máscara Laríngea e Punção Intraóssea

Publicado dia 29/11/2019 às 09:46

Durante o mês de outubro, a Faculdade de Pato Branco (FADEP), por meio da Coordenação de Pós-graduação, Pesquisa, Extensão e Inovação (COPPEX) e do curso de Enfermagem, promoveu o curso de extensão em Intubação por Máscara Laríngea e Punção Intraóssea, reunindo profissionais e acadêmicos das áreas de Enfermagem e Medicina. A formação foi ministrada pelos médicos anestesiologistas do Hospital São Lucas de Pato Branco, Dr. Wivaldo Garcia de Almeida Neto e Dr. Oswaldo Pipino. Esta é a segunda vez que a FADEP oferta um curso nesta área.

A coordenadora do curso de Enfermagem da FADEP, professora Ma. Gisele Iopp Massafera, explica que o principal intuito do curso de extensão foi proporcionar uma qualificação/capacitação de profissionais, bem como acadêmicos de Enfermagem e Medicina, para manejo da via aérea e punção intraóssea, favorecendo o atendimento a pacientes graves.

“A intubação por máscara laríngea e a punção intraóssea são procedimentos complexos que exigem profissionais habilitados para executá-los. Conforme parecer 01/2015 do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen), a utilização e manuseio de dispositivos supraglóticos, vias aéreas avançadas e cricotireoideostomia, requer conhecimentos da técnica e treinamento. O enfermeiro que se encontra qualificado para realizar tais procedimentos emergenciais ou rotineiros, tem amparo legal para executar essas técnicas”, pontuou Gisele.

A coordenadora adjunta do curso de Enfermagem, Ma. Heidy Dall Orto Hellebrandt, explica que tais procedimentos são aplicados em pacientes que apresentam necessidade de estabelecimento rápido de acesso ao sistema vascular durante a parada cardiorrespiratória, bem como em outras situações de riscos iminentes à saúde.

“Considera-se lícito que enfermeiros realizem a punção intraóssea em situações de emergência ou urgência, desde que capacitados para tal finalidade. Portanto, quem procura e faz este curso levará para sua vida profissional um aprendizado extremamente relevante e, o melhor, estará apto a fazer procedimentos que salvarão vidas e evitarão futuras complicações aos pacientes atendidos”, ressaltou Heidy.

------------

Matéria: Profa. Ma. Jozieli Cardenal Suttili / Jornalista MTB 9268 – PR

Coordenadora da Agência Experimental de Comunicação da FADEP

Fotos: Alan Winkoski, acadêmico do 6º período de Publicidade e Propaganda da FADEP.